Mais de R$ 45 mil são investidos no Fumacê: R$ 30 mil para compra do inseticida e R$ 15.500 da máquina

O Mutirão Itápolis em Guerra Contra Dengue tem reunido várias ações importantes de combate ao mosquito Aedes aegypti, identificando e retirando criadouros, realizando a nebulização costal nas residências e empresas e aplicando o fumacê nas ruas da cidade.

Os agentes do Controle de Vetores utilizam a aplicação de inseticida como estratégia de eliminação do mosquito transmissor da dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela.

Por isso, a Administração Municipal investiu R$ 15.500,00 na aquisição de uma nova máquina termonebulizadora, possibilitando que o fumacê seja realizado de maneira rápida e eficiente, atendendo um maior número de bairros. Na segunda-feira (3/6), inclusive, a equipe da Secretaria de Saúde recebeu o treinamento para utilizar corretamente o equipamento.

Como o governo federal não está distribuindo o inseticida usado no fumacê, a gestão municipal investiu recursos próprios na casa dos R$ 30 mil, para que esta importante medida de combate a dengue não ficasse paralisada.

Portanto, foram R$ 45.500,00 investidos neste trabalho: R$ 30 mil na compra do inseticida e R$ 15.500 na aquisição da máquina termonebulizadora.
“Ressaltamos a importância da eliminação dos criadouros, pois o fumacê mata os insetos adultos. São duas ações que precisam acontecer, simultaneamente, com a ajuda da população”, destacou a coordenadora do Controle de Vetores, Bruna Scaramuzza.

O prefeito reafirmou a prioridade dada ao combate a dengue: “todas as medidas apresentadas por nossa equipe de saúde estão sendo implantadas, até porque decretamos Situação Excepcional de Emergência no município e apesar dos números registrados da doença, não tivemos nenhum óbito”.

Imprensa Prefeitura de Itápolis