Interessados em verificar os resultados da utilização dos resíduos de poda triturados em Itápolis, os secretários de Desenvolvimento Agropecuário e Ambiental estiveram em uma propriedade rural do município, que recebeu a doação deste material e utilizou para uma finalidade diferente das demais: o reflorestamento.

A Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário de Itápolis registrou um crescimento na utilização dos tratores da Patrulha Agrícola: de 301 horas utilizadas em 2017 para 375 no ano de 2018. Usado na produção rural do município - seja preparando o solo para o plantio ou para sua manutenção - os 3 tratores, 2 de 75 e 1 de 125 cavalos, juntamente com os implementos (plantadeira adubadeira, arador subsolador hidráulico, canteirizador de solo, distribuidor de calcário e fertilizante, grades, lâmina frontal, perfurador de solo, terraciador, barra de aplicação de herbicidas e roçadeira hidráulica) facilitam o dia a dia do produtor.

Preocupada com a reativação do Matadouro Municipal, a Prefeitura de Itápolis, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário, juntamente com a ASSAI - Associação dos Açougueiros de Itápolis, o médico veterinário do município e fiscais federais e médicos veterinários do Ministério da Agricultura, debateram o assunto em uma reunião em São Paulo no último dezembro.

Depois de receber informações da ocorrência de um surto da mosca-dos-estábulos nas proximidades do Bairro do Monjolinho, os secretários de Desenvolvimento Agropecuário e Ambiental e o veterinário da prefeitura estiveram no local, acompanhados de representantes da Usina Colombo, na tarde desta terça-feira (5/12), para verificar a situação.