A Avenida Presidente Valentim Gentil, denominada, anteriormente, 15 de Novembro, é uma das principais vias de acesso do município de Itápolis.
E você sabe quem foi Valentim Gentil? Utilizaremos o livro “Nossa Terra Nossas Raízes”, escrito por Nacy Hauers, para que você conheça as personalidades que deram nome as ruas e avenidas da cidade.

Valentim Salvador Gentil nasceu em Itápolis no dia 14 de fevereiro de 1900. Filho de Raphael Gentil e de Maria Antonia Gentil. Fez o primário nas Escolas Reunidas de Itápolis e o secundário no Colégio Arquidiocesano e N. Sr.ª Do Carmo, em São Paulo. Cursou Humanidades e Direito e exerceu o cargo de Delegado de Polícia do Estado nos municípios de Bom Sucesso e Barra Bonita. Posteriormente, passou a se dedicar a política e a advocacia nesta Comarca. Ele nasceu no tempo em que Itápolis se chamava Boa Vista das Pedras.

Em 25 de abril de 1921, sob a sua presidência, foi fundado o Oeste Futebol Clube de Itápolis. Em 1929, assumiu o mandato de deputado estadual, integrando a comissão de Instrução Pública até outubro de 1931. Foi diretor provisório e professor da Escola Normal de Itápolis.

Tomou parte no movimento revolucionário de 1932, para defender a constitucionalização do Brasil. Em 1935, 16 de janeiro, foi Prefeito Municipal de Itápolis, substituindo a Eugênio de Paula Bueno Brandão. Em 1935, eleito deputado estadual, fez parte da Comissão de Estatística e de Justiça. No ano seguinte foi nomeado Secretário da Agricultura, no governo do Dr. Armando Salles de Oliveira.
Foi o primeiro presidente da 23ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, em Itápolis. Em 1947, eleito deputado, foi Presidente da Assembleia Legislativa do Estado.


Em 24 de junho de 1948, quando tudo levava a crer que sairia candidato às eleições de Governador do Estado de São Paulo, faleceu em consequência de uma intervenção cirúrgica no coração.
Valentim Salvador Gentil recebeu a Comenda da Ordem da Coroa, conferida pelo Rei da Itália, Vitorio Manoel III, e a Comenda da Ordem D’ Orange, da Holanda.
Foi casado com Rita D’Andrea e deixou os filhos – Raphael, Maria Antonia, Rosária,Terezinha, Maria de Lurdes e Valentim Gentil Filho.

Imprensa Prefeitura de Itápolis