Sempre atuantes, as Guardas Civis Municipais são peças fundamentais para colaborar com a Segurança Pública de muitos municípios brasileiros. Itápolis é uma dessas cidades e as estatísticas revelam o grande impacto que a atuação da GCM representa, não apenas do ponto de vista de prevenção do patrimônio público como também do efetivo apoio no combate à criminalidade.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo disponibilizou dados estatísticos das ocorrências atendidas pela GCM e apresentadas aos Distritos Policiais durante o ano de 2015 e 2017. Itápolis registrou em 2015, 53 ocorrências e, em 2017, mais 37 ocorrências atendidas, totalizando 90 casos, ocupando a 8ª colocação no ranking dos municípios paulistas na nossa região que contam com o apoio da Guarda Municipal na Segurança Pública. Cidades como Ribeirão Preto, apresentaram neste período, 196 ocorrências, ficando com a 7ª colocação e São Carlos, com 242 ocorrências, em 6º lugar. Lembrando que esses números não contabilizam o total de atendimentos da Guarda, somente as que foram registradas em Distritos Policiais. 

“Nos empenhamos para atender todo município, porque nosso objetivo é prestar um bom serviço aos itapolitanos”, explicou o comandante da GCM. Os dados revelam uma amostra do trabalho desenvolvido pela GCM em Itápolis e nos distritos de Tapinas e Nova América, com foco prioritário nas ações preventivas e comunitárias.

Imprensa Prefeitura de Itápolis