No dia 12 de julho foi lançado pela Prefeitura de Itápolis o Programa de Combate ao Escorpião. O prefeito e as secretárias de Saúde e Desenvolvimento Ambiental explicaram aos representantes de clubes de serviço, igrejas, imobiliárias e líderes de comunidade a importância da adesão de todos nesta iniciativa. “Quando detectamos o aumento da incidência de escorpiões na cidade, reunimos nossas equipes para realizar este trabalho, programado para ser iniciado neste mês de julho, no qual tivemos o triste registro, na região de Bauru, de um falecimento causado pela picada de um escorpião, demonstrando a necessidade de agirmos nesse sentido”, ponderou o prefeito.

O programa foi iniciado, no dia 16 de julho, com a visita dos agentes do Controle de Vetores às residências de Itápolis e dos distritos de Tapinas e Nova América, orientando e conscientizando os moradores da necessidade da colaboração de todos para o controle desse aracnídeo. Esta iniciativa antecedeu o projeto Cidade Limpa, realizado pelas equipes da prefeitura que estão recolhendo os resíduos volumosos, móveis velhos e latas, entre outros itens.

É importante lembrar que restos de construção – que muitas vezes são abrigos dos escorpiões – não serão recolhidos neste projeto, porém, o cidadão deverá realizar a correta destinação para evitar a sua proliferação. Os proprietários de terrenos deverão ficar atentos e verificar a limpeza de seus imóveis, colaborando também para o sucesso do programa.

A primeira etapa de dedetização para controle de baratas e escorpiões nas redes de esgoto do município, tendo em vista que a barata é o principal alimento do escorpião, aconteceu no Jardim do Sol. Os próximos bairros que receberão a dedetização serão divulgados após a conclusão do Projeto Cidade Limpa - que acontece até 21/9. “A intenção desse programa é controlar o aparecimento dos escorpiões, por meio da eliminação da fonte de alimento e abrigo”, explicou a secretária de Desenvolvimento Ambiental.

Imprensa Prefeitura de Itápolis