A empresa Citropack Indústria e Comércio de Embalagem recebeu nesta quinta-feira (24), a escritura definitiva da área onde está instalada no Distrito Industrial III, desde o ano de 1994, gerando emprego e renda em Itápolis. A Lei Nº 1826/1998 já havia autorizado outorgar a escritura definitiva do imóvel, porém, parte do loteamento deste Distrito Industrial, onde a indústria fica localizada, ainda, não estava regularizada e registrada em cartório.

Este trabalho de legalização foi concluído neste ano pela prefeitura, possibilitando que a Administração Municipal pudesse entregar à sócia-proprietária da Citropack, Rose Mary Paganini Edemundo, a escritura definitiva, após a comprovação do cumprimento das exigências previstas na lei do PRODEI. Com isso, a empresa poderá capitalizar novos investimentos que refletirão na ampliação de sua produção na cidade.

Outras empresas localizadas no Distrito Industrial III, que se encontram na mesma situação e já cumpriram os requisitos necessários, também deverão receber suas escrituras. “Desta forma estamos regularizando as situações pendentes há muitos anos no município e fomentando a economia local, que mantém tantos postos de trabalho e movimenta o giro financeiro de Itápolis”, disse o prefeito.

Imprensa Prefeitura de Itápolis