Alguns temas, às vezes, são pouco discutidos pela sociedade, deixando de estimular a reflexão para superação das questões. Entre estes assuntos, ainda considerados incômodos, estão a depressão e o suicídio.

Mas, em Itápolis esta barreira foi ultrapassada, com a realização de uma roda de conversa no Tiro de Guerra do município, que ocorreu na terça-feira (15), ministradas pelas psicólogas da prefeitura Lívia Zagatti e Patricia Bolfe, que integram a equipe do CAPS (Centro de Apoio Psicossocial). A conversa com os atiradores abordou as formas de superar os problemas relacionados com os temas e o caminho para buscar ajuda para isso.
“Ficamos felizes com o convite do Sargento Adriano de Oliveira Silva que percebeu a importância de debater esses assuntos. Pudemos fazer as orientações e esclarecer dúvidas, ajudando na superação dos problemas”, disse a psicóloga Lívia. 

Imprensa Prefeitura de Itápolis