A Prefeitura de Itápolis iniciou no dia 7 de fevereiro os processos licitatórios para realizar a retomada das obras de construção da escola Toledo, orçada em R$ 1 milhão e dos postos de Saúde do centro da cidade e de Tapinas, que devem custar R$ 1,2 milhão, além de objetivar a contratação de equipe para ampliar os serviços de limpeza da cidade e elaboração de projeto para buscar os recursos estaduais, federias e até da iniciativa privada para reforma do museu.

A Administração Municipal deve investir outro montante que ultrapassa os R$ 2 milhões na recuperação da ponte da Vicinal “Adauto Grespi” e no asfalto de bairros como Campestre, Itauera, Portal das Laranjeiras, Silveira, São Francisco, Espanha e quadrilátero central. Estas obras serão licitadas em breve. Parte considerável dos recursos para viabilização destas obras é originária de convênios com o governo federal e, também, decorrente do superávit financeiro.

Essas licitações estão sendo iniciadas no mês de fevereiro porque a Administração Municipal precisou cumprir muitas exigências que se diferenciam do setor privado, e, incluem adequações orçamentárias previstas na lei de responsabilidade fiscal. Para isso, foi necessário realizar 2 Audiências Públicas, uma na Prefeitura e outra na Câmara e enviar o projeto de lei à Câmara Municipal para efetivar as suplementações no orçamento - prevendo o valor aplicado em cada obra - votado na segunda-feira (4/2). Só depois do cumprimento desses trâmites, foi possível iniciar os processos licitatórios.

Imprensa Prefeitura de Itápolis