Desde o ano passado, a Prefeitura de Itápolis vem realizando um trabalho de orientação aos mutuários da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) para regularizar seus imóveis. Na manhã desta quarta-feira (25), mais famílias itapolitanas do Jardim 2000, Esperança I e II e Jardim Progresso de Tapinas puderam obter a tão esperada escritura definitiva da casa própria. Este trabalho é resultado de uma parceria da Prefeitura de Itápolis com a CDHU e o Governo Estadual.

São famílias que haviam quitado o financiamento junto à CDHU e não conseguiam registrar o imóvel em cartório pela falta de escritura. Com isso, ficavam impedidas de legalizar uma venda ou conseguir uma linha de financiamento do imóvel.

Moradora do Jardim Progresso de Tapinas, Dalva Teresa Reghini Diniz, é uma das mutuárias que esperava regularizar sua escritura: “estamos felizes, porque agora deixaremos tudo certo, pois já temos o financiamento quitado”, disse Dalva.

A escritura é fornecida gratuitamente pela CDHU aos mutuários, que só precisam custear o registro do imóvel e o recolhimento do imposto relacionado.

“Ficamos satisfeitos por auxiliar estes itapolitanos que pagaram por meses sua residência e esperaram por tantos anos para legalizar seu imóvel”, explicou o vice-prefeito.

Imprensa Prefeitura de Itápolis