O Distrito de Nova América está alicerçado na Citricultura e Agricultura, destacando-se também na área da Confecção. Localizado a 18 km do município de Itápolis, o Distrito tem como principal via de acesso à SP 333 Rodovia Laurentino Mascari, estando próximo à Rodovia Washington Luiz, umas das estradas mais importantes do país. Nova América é um Distrito próspero e acolhedor, onde vivem aproximadamente 2.500 habitantes.

O Distrito de Nova América contribui sempre, de maneira expressiva, para o desenvolvimento do município de Itápolis.

A história do Distrito de Nova América tem início em 31 de outubro de 1856 quando José Jacinto Ramalho doou o patrimônio do Lageadinho – hoje Lageado Velho – à Cúria (Igreja). A fazenda Lageadinho, antes Ribeirão do Pontal, situada no município de Boa Vista das Pedras, pertencia a Bento José do Amaral e, em 13 de março de 1838, foi permutada por dois animais, com José Jacinto que fundou nela um povoado: Espírito Santo do Lageadinho.

O patrimônio aumentou, consideravelmente, seu território no ano de 1902 com a doação de terras feitas por José Eustáquio, Fabiano Nogueira, Manoel José de Amorim e sua mulher Ana Barbosa de Amorim, Serafim Cerreti, Raphael Bueno da Silva e sua mulher Ana Rosa de Lima, outros. Em julho de 1902, através de abaixo assinado, os moradores do Lageado Velho solicitaram a Câmara Municipal a aprovação da transferência do povoado para a margem da SP 333 Rodovia Laurentino Mascari. A nova localização foi nomeada de Vista Alegre do Lageadinho e, posteriormente, em 07 de setembro de 1902 recebeu o nome de Capela da Vila Nova de Aparecida do Lageadinho.

A partir daí inicia-se o crescimento do povoado, com a instalação da primeira máquina de beneficiar café (1904), a criação da primeira escola de Nova América (1908), o primeiro posto policial (1909) e a instalação oficial do Cartório de Paz (1910).

A elevação dessa região à categoria de Distrito de Paz, ocorreu em 14 de dezembro de 1910, quando o Distrito passou a chamar-se Nova América, com sede no povoado do Lageadinho, no município de Pedras (Itápolis).

Os rumos seguidos por essa região foram marcados por muitas lutas e o empenho de pessoas notáveis como o Major Hipólito Nogueira Alves Porto, Luiz Nogueira Porto, Alonso Teixeira dos Santos e entre outros.

Em 1911 foi instalado no Distrito de Nova América um cinema com a apresentação de um primeiro espetáculo cinematográfico. No mesmo ano ocorreu a instalação de linhas telefônicas e o uso de telefones como meio de comunicação. Em 1915 houve a elevação da Capela a Curato, coordenada pelo 1º Capelão o Revmo. Júlio Bosco. Já em 1922 foi instalado o Correio de Nova América. No ano de 1924 é realizado o lançamento da pedra fundamental da Nova Igreja do Distrito.

No dia 04 de abril de 1939, foi criado pelo Governo do Estado e instalado em prédio adaptado na Avenida Gonçalo Rueda, o Grupo Escolar Alferes Pedro Alves de Oliveira, sob a direção interina da professora Geny Alves Paschoal. No ano de 1966 foi inaugurado um prédio novo para a escola, sob as bênçãos do Padre Ednyr A. B. Rovere. Em dezembro de 1980 a Escola Estadual do Distrito de Nova América passa a denominar-se E.E. Pedro Mascari, cidadão cuja vida foi de notável exemplo de dedicação e amor ao município de Itápolis.

A praça pública foi inaugurada em 1950, nas proximidades da Igreja, graças ao Frei Duarte da Silva (Vigário da Paróquia) e a Luiz Gonzaga, estimado cidadão de Nova América. Em 27 de julho de 1964 a Praça é denominada Frei Duarte. A iluminação pública chega para substituir a bucólica iluminação de gás acetileno no dia 30 de dezembro de 1956 e marca mais um ponto de progresso do distrito.

No dia 13 de fevereiro de 2015, assim como aconteceu no distrito de Tapinas, Nova América passou a contar com sua própria paróquia: Paróquia Nossa Senhora Aparecida, tendo como pároco o Padre Ivan Carlos Zocal.

Com a colaboração de muitas famílias, o distrito foi se formando, entre elas estão: Grespi, Amaral, Campopiano, Medalha, Cândido, Victor, Batista, Pereira, Pagin, Porto, Coletti, Marques, Daniel, Bozelli e muitas outras.